HIDROTERAPIA NA REABILITAÇÃO

Postado por: Admin na data 23-08-2017 - Categoria - Dicas de saúde

A hidroterapia é um recurso da fisioterapia que consiste na realização de exercícios em piscina aquecida com temperatura ideal de 32 a 33º C. As propriedades físicas da água, somado à temperatura mais elevada, promovem efeitos terapêuticos em diversos sistemas do corpo (cardiopulmonar, circulatório, musculoesquelético e articulações), além de tornar os exercícios mais fáceis de serem executados, pois ao realizar imersão na água, parte do peso corporal é eliminada. 

A reabilitação aquática é indicada para todas as áreas da fisioterapia que envolve problemas ortopédicos, lesões esportivas, neurológicas, cardiorrespiratórias, reumatológicas, pré e pós-operatório, e também durante a gestação para o alívio das dores e inchaço. 

 

 

Os principais benefícios da hidroterapia são: 


Fortalecimento dos músculos; 
Melhora da circulação sanguínea e linfática;
Alívio das dores musculares e articulares;
Melhora a qualidade do sono;
Relaxamento muscular;
Diminuição do estresse e ansiedade;
Melhora do equilíbrio e coordenação motora;
Melhora o sistema cardiopulmonar;
Aumenta a amplitude do movimento

 

 

Algumas indicações para hidroterapia 

  • Gestantes, idosos, obesidade
  • Artrite, artrose, osteopenia, osteoporose
  • Mal de Parkinson, fibromialgia 
  • Hérnia de disco, lombociatalgia, cervicalgia
  • Treino de marcha, equilíbrio e coordenação motora
  • Pacientes cardíacos, asmáticos, DPOC, cirurgia bariátrica
  • Lesões de ombro, cotovelo, coluna, quadril, tornozelo e pé
     

Quando a hidroterapia é contraindicada? 

- Pacientes muito debilitados, que utilizem cateter ou sonda
- Insuficiência respiratória grave
- Hipertensão grave 
- Feridas abertas / queimaduras graves / lesões de pele
- Infecção urinária
-Incontinência urinária ou fecal


Consulte seu médico, agende uma avaliação e venha fazer parte da família FisioCordis. 

Fst. Jéssica Leiner Silva – CREFITO 94741 LTT-F